CASA JK

PROJETO VENCEDOR DO PRÊMIO TALENTO ENGENHARIA ESTRUTURAL 2019 CATEGORIA OBRAS DE PEQUENO PORTE


Composta por dois aspectos fundamentais: desenho estrutural e natureza, esta casa mescla elementos construídos à uma bela paisagem de fundo de vale no interior paranaense.

A primeira ação foi criar um platô que acomoda a casa e eleva o chão para uma cota mais privativa, para isso foi criado uma cortina de concreto em todo perímetro do terreno que parece uma grande pedra na paisagem.  

O design proposto para a casa repousa nessa pedra e revela-se como uma peça escultural que une estrutura e arquitetura. A tecnologia aplicada na estrutura de concreto protendido assume o protagonismo já que o proprietário também é o engenheiro calculista. Como solução foi adotada a sobreposição de duas lajes protendidas com vãos e balanços que exploram a técnica e projetam sobre o terreno áreas sombreadas que contribuem na qualidade ambiental da edificação. Os apoios que sustentam as lajes se resumem em quatro pilares, sendo que dois também funcionam como paredes.

Dois pavimentos organizam o projeto. Ao nível térreo acomodam-se os espaços de convivência abertos e integrados ao deck e piscina. Ao nível superior acomodam-se os quartos. A forma longitudinal que a casa assume contribui para que todos os ambientes voltem seu olhar ao nascer do sol e a paisagem circundante.

Em suma o projeto sugere um exercício de reflexão aos moradores, entendendo o seu lugar de fato, o lugar natural e o edificado, as técnicas utilizadas, os materiais disponíveis e a sua existência nesse cenário.


[english] 

Composed by two fundamental aspects: structural design and nature, this house mixes builted elements with a beautiful valley landscape in the interior of Paraná, Brazil.

The first action was to create a plateau that accommodates the house and raises the ground floor to a more private level, for this purpose a concrete wall was designed around the perimeter of the plot looking like a stone into the landscape.

The proposal for the house rests on this stone and reveals itself as a sculptural piece that unites structure and architecture. The technology applied of post-tensioning concrete takes first place on the design since the owner is also the structure engineer. As a result, it was adopted the overlap of two PT slabs with spans and cantilevers that explore the technique and generates shaded areas on the ground floor contributing to the environmental quality of the building. The columns that support the slabs are just four, two of which also function as walls.

Two floors organize the project. On the ground level, the living spaces are open and integrated to the deck and pool. The upper level accommodates the bedrooms. The longitudinal design of the house contributes to turn all the mains rooms to the sunrise and the surrounding landscape.

Summarizing , the project suggests an exercise of self-thought to the residents, understanding the natural and built place, the techniques used, the available materials and their existence in this scenario.

Categoria

  • Residencial

Data

2017

Local

PATO BRANCO, PR

Projeto

Michel Macedo

Consultores

Engenheiro de Estruturas: Júlio Barzotto

Colaboradores

Analu Lucatelli, Carolina Rietter, Nivaldo Pontel Jr. Fotos: Eduardo Macarios



Compartilhar